“Maria (com) Mania” de Filomena Sabóia revela crónicas da vida real em livro


Print

O livro “Maria (com) Mania”, da autoria de Filomena Sabóia, será lançado, no próximo dia 8 de Dezembro, pelas 16h30, no Stockroom Studio, no Estoril. Editada pela Chiado Books, esta obra original reúne mais de meia centena de crónicas que Filomena Sabóia, foi publicando, desde 2013, na sua página pessoal no facebook.

“Maria só quer acreditar que ter a mania é tentar ser feliz todos os dias e que só o humor e o amor nos podem salvar!”, sublinha Filomena Sabóia. A apresentação da obra estará a cargo de Cecília Carmo que assina o prefácio e de Gonçalo Martins, em representação da Chiado Books.

Como explica Filomena Sabóia: “Nada acontece por um acaso e tudo acaba com um único propósito: começar de novo! Ser otimista não se escolhe nem se aprende. Ser otimista é mania de quem prefere ser feliz em vez de triste. O sol começou a espreitar e as nuvens escuras foram desaparecendo. Nasce a “Maria Mania”. Nasce de parto normal. Uma página, como uma mãe que acaba de dar à luz. Experiência, pouca. Vontade de a ver crescer, muita! Alimenta-a há seis anos. Escreve porque gosta. Escreve porque tem a mania que sabe escrever. O nome, óbvio, de uma página que não chegou a “blog” porque a mania não lhe deu para tanto. Tem outras… As manias, dentro da “Maria Mania” ficam agora por aqui, alinhadas sem sentido. Na vida, poucas coisas têm sentido, apenas o que faz sentido. E esse, é o que lhe queiram dar. Fiquem com as histórias, que morrem agora, para poderem nascer de novo!”.

Escreve Cecília Carmo no prefácio da obra: “A Maria tem a mania. Tem a mania que os seus textos não agradam a quem os lê. Nada mais falso! A Maria escreve como ninguém! Escreve com a alma, com o coração e deixa-nos penetrar nos seus textos para fazermos parte deles, vivermos as histórias que nos conta e visualizarmos todos os pormenores que relata. Ler os seus textos provoca-nos sensações e isso é o melhor que alguém que escreve pode ter. Por vezes ficamos zangados, outras sentimo-nos felizes, mas também divertidos, tristes, melancólicos, pensativos. Porque a Maria faz-nos pensar. Ficamos a pensar que não observamos como devíamos tudo o que se passa à nossa volta. Por tudo isto, a perspicácia da Maria faz-nos ‘descer à terra’ e refletir que afinal a vida é mesmo tão fácil de viver, desde que não a compliquemos.”

“Que bela ideia tiveram os editores da Chiado Books em fazer a compilação dos textos da Maria Mania. Do Facebook para o papel, porque assim cada história perdura, cada história fica bem arrumada num livro que pode (e deve) ser lido e relido. Foi para mim uma enorme honra ter sido convidada para deixar aqui este breve, mas muito sentido, testemunho. Obrigada Filomena! E para cada um de vós: leiam e disfrutem destas histórias maravilhosas!”, conclui Cecília Carmo.

Filomena Saboia, de 49 anos, nasceu em Cascais no dia 1 de Abril. Dia das mentiras! Filha de pais alentejanos que a mimaram mais do quem deviam. Tem uma filha que é mais crescida do que ela! Trabalhou com Vera Lagoa no jornal “O Diabo” e é atualmente Secretária de Administração no Casino Estoril. Adora viajar e tem paixão pela escrita. Tem uma página no “facebook” com o mesmo nome onde vai colecionando crónicas. Frequenta um curso de mandarim, onde, em quase dois anos aprendeu a dizer 10 palavras!

Lançado pela Chiado Books, uma editora de excelência, que tem vindo a apostar, com resultados muito positivos em revelações, a obra “Maria (com) Mania” promete surpreender os leitores, constituindo uma boa opção como prenda de Natal.