Lusitânia Comedy Club, a comedia musical regressa a cena a 8 e 9 de novembro


Depois de uma bem-sucedida estreia em Lisboa nos dias 28 e 29 de abril, o Lusitânia Comedy Club está de regresso ao Tivoli BBVA para três noites de perfeita loucura!

Ah, Portugal!…

Nação valente e imortal! Ou algo do género.

Nação, também, com sérios problemas de auto-estima. Genericamente, estimamo-nos muito pouco. Não toleramos que digam mal de nós, mas dizer mal de nós é um dos nossos desportos favoritos. “Aquele bandalho daquele cientista português foi lá para fora descobrir a cura para o cancro? Sacana! Quem é que ele julga que é, todo armado em bom? Porque é que não a descobriu cá? Traidor!”

Consideramos que o nosso país é ruim, até alguém de fora dizer alguma coisa ruim do país – altura em que o país passa a ser o maior.

Somos um país repleto de “sôtores”, e ai daquele que não trata um “sôtor” por “sôtor”. E não é preciso o “sôtor” ser “sôtor” – qualquer banco mete as letras “DR.” no nosso cartão Multibanco, não precisando de ver o nosso diploma. Basta pedir-lhes o favor com jeitinho.

Temos um complexo de inferioridade tramado. Somos um país pequeno que alguns países grandes acham que faz parte de Espanha. E somos um país pequeno que, ainda por cima, já foi grande. Ou fez coisas grandes. Como os Descobrimentos ou o recorde da Maior Feijoada na Ponte 25 de Abril. Isso dá cabo da cabeça de qualquer um.
É como a pequenita do filme ET – em garota foi uma estrela, logo a seguir deixou de ser e depois entrou em depressão e nas drogas.