Festival Internacional de Piano regressa a Oeiras


Alguns dos melhores pianistas do mundo vão passar, a partir da próxima semana, pelo Auditório Ruy de Carvalho, em Carnaxide, para uma série de concertos que prometem ser marcantes. Trata-se da terceira edição do Festival Internacional de Piano (FIPOeiras2020) que regressa a Oeiras e que é sem dúvida, um dos primeiros eventos de música clássica ao vivo, em fase de desconfinamento.

Contando com a participação de pianistas credenciados, oriundos da Bélgica, Rússia, Itália, Ucrânia e Portugal,pretende-se que o Festival constitua a oportunidade para retomar a vida cultural e colocar Oeiras no roteiro internacional dos festivais de música clássica.

A iniciativa estende-se por cinco datas – com todos os recitais (à excepção do da abertura, agendado para terça feira, 7 de Julho, pelas 19 horas) a decorrerem aos domingos, a partir das 18 horas.

A entrada em todos os espetáculos é gratuita.

Importa realçar que face à epidemia por COvid-19, o espaço está condicionado à lotação reduzida da sala: 134 lugares. Estão também asseguradas todas as precauções para que não haja o menor risco de contágio entre a assistência.(máscaras,distância social e desinfetante de mãos à discrição) bem como a distância entre lugares ( ver abaixo restantes regras de acesso ao espaço).

O FIPOeiras2020 inicia-se com um concerto da anfitriã na qualidade de diretora artística do Festival: Teresa da Palma Pereira. Laureada em vários concursos internacionais – destaque para o prémio solista com a Orquestra de Câmara de Bruxelas – e com já quatro CD’s editados (além de um livro sobre Schumann a partir de uma dissertação de doutoramento) Teresa da Palma Pereira interpretará, a 7 de Julho, quatro peças de Mozart, duas de Debussy e uma de Stravinsky.

Cinco dias depois, no domingo, 12 de Julho, é a vez do belga Jan Michaels subir ao palco para interpretar duas peças, respectivamente de Schumann e de Beethoven. Com um repertório que vai desde Bach até ao repertório contemporâneo, Jan Michiels apresenta-se regularmente como solista e com grupos de música de câmara em diversos centros musicais na Europa e Ásia. Actualmente é professor de piano Koninklijk Conservatorium de Bruxelas.

A 19 de Julho cabe ao russo Grigory Gruzman actuar no Auditório Ruy de Carvalho. Tendo completado os seus estudos na Universidade de Música de Jerusalém e detentor de uma notável carreira internacional integra, nomeadamente, o Trio Shostakovich, o pianista é diretor do Instituto de Instrumentos de Teclado da Academia de Música de Weimar. Tocará Mozart,Beethoven,Liszt e Tchaikovsky.

A 26 de Julho, o italiano Angelo Arciglione interpretará Petrassi,M.Castelnuovo-Tedesco,Brahms e Schumann.O pianista ganhou atenção internacional ao conquistar grandes prémios em várias competições internacionais de piano e é frequentemente convidado a participar do júri em prestigiadas competições nacionais e internacionais. Desde 2013, é o fundador e diretor artístico do “Campus Musica Acri” (masterclasses e festival de verão) na Calábria. Atualmente é professor de piano no Conservatório de Música de Modena.

Por último, a 2 de Agosto, Valentina Lisitsa, pianista clássica ucraniana encerra o Festival com obras de S. Rachmaninov, Beethoven,Chopin,Ravel e Liszt. Considerada como a primeira “estrela do YouTube” da música clássica, Valentina começou a tocar piano aos 3 anos, e, aos 4 anos, fez o seu primeiro recital a solo.Tem passado por inúmeras salas prestigiadas, de Nova Iorque Viena e Amesterdão. A pianista também se apresentou com diversas orquestras, como a Orquestra Sinfónica do Estado de São Paulo (Brasil), a Orquestra Filarmónica da Nova Zelândia e a Orquestra de Câmara de Praga e gravou oito álbuns para a Audiofon Record Company, bem como um DVD com 24 estudos de Chopin. Lançou ainda dois DVDs: um com temas de Schubert e Liszt e outro com Obras-primas de Ravel e Liszt.

O III Festival Internacional de Piano de Oeiras resulta de uma parceria da Academia de Música Flor da Murta, com a Câmara Municipal de Oeiras, ao abrigo de um protocolo de cooperação que é renovado anualmente.

À semelhança das edições anteriores, o FIPOeiras2020 contará também com masterclasses, destinadas a jovens pianistas e alunos avançados de escolas portuguesas e estrangeiras, a decorrer no Palácio da Flor da Murta.

Para assistir aos concertos, basta levantar bilhete à entrada do Auditório Ruy de Carvalho, em Carnaxide, no dia dos recitais (ver regras de acesso).
https://www.facebook.com/festivalfipo

Informações úteis

REGRAS DE ACESSO QUE DEVEM SER OBSERVADAS PELO PÚBLICO
1 – O Auditório será aberto 30 minutos antes do espetáculo
2 – Os bilhetes serão levantados gratuitamente, após a abertura do Auditório, estando condicionados à lotação (reduzida) da sala – 134 lugares.
3 – É obrigatório o uso de máscara dentro do Auditório e no seu átrio
4 – Deve guardar-se a distância social (de dois metros) no átrio
5 – Deve respeitar-se o percurso assinalado para levantamento do bilhete e do programa e para a entrada no Auditório
6 – Será usado desinfetante de mãos, a fornecer pela organização, antes da entrada no Auditório e sempre que se utilize a casa de banho
7 – Só serão ocupados os lugares assinalados, respeitando os intervalos indicados
8 – Os lugares de cada fila não estarão alinhados com os da fila de trás ou da frente
9 – Sempre que se saia do Auditório seguir-se-á um percurso diverso do percurso da entrada

Auditório Ruy de Carvalho
Rua 25 de Abril,
Centro Cívico de Carnaxide
2790-047 Carnaxide
auditorioruycarvalho@oeirasviva.pt
Tel.: 21 446 25 50
Fax: 21 441 59 33

Palácio Flor da Murta
Rua da Flor da Murta,
2770-186 Paço de Arcos
palacioflordamurta@oeirasviva.pt