Calçada da Pena com trânsito condicionado


A Câmara Municipal de Sintra aprovou esta terça-feira, em reunião do executivo, o condicionamento do trânsito automóvel na Calçada da Pena, medida que será implementada ainda em dezembro.

A decisão da autarquia de Sintra resulta, principalmente, da impossibilidade de garantir a circulação de meios de socorro e a segurança da circulação automóvel e pedonal nas estradas de acesso aos pontos de interesse na Serra de Sintra.

Este condicionamento do acesso à Calçada da Pena, permite a circulação apenas a viaturas autorizadas. Vão poder apenas circular viaturas de residentes, viaturas que apresentem o Cartão de Estacionamento de Modelo Comunitário para Pessoas com Deficiência – desde que a pessoa com deficiência seja um dos ocupantes-, viaturas de transporte público de passageiros, táxis, viaturas afetas ao transporte individual e remunerado de passageiros em veículos descaracterizados a partir de plataforma eletrónica (TVDE), transportes turísticos com licença RNAAT, viaturas afetas à Câmara Municipal de Sintra, SMAS de Sintra, Parque Natural Sintra-Cascais e Parques Monte da Lua, viaturas afetas a operações de manutenção de iluminação e telecomunicações e, obviamente, viaturas das forças de segurança e de emergência.

Os veículos impossibilitados de aceder à Calçada da Pena, poderão utilizar gratuitamente o parque de estacionamento periférico na Cavaleira, que conta com mais de 1500 lugares de estacionamento. A partir desse local os interessados terão acesso a transfers, a preços reduzidos, para os monumentos.

Vão ser criados também locais adequados para a tomada e largada de passageiros, de modo a que os veículos não o façam em plena via, impedindo a normal circulação dos restantes veículos.

Passará a existir um sentido único de circulação (excetos viaturas autorizadas), na Estrada dos Capuchos, sentido poente-nascente, desde o entroncamento desta com a Estrada da Pena/Calçada da Pena até ao Chalet da Condessa d’Edla.

Será criada uma zona de inversão de marcha junto ao Chalet da Condessa d’Edla, para quem acede desde poente, no largo existente, sendo necessária a intervenção ao nível da regularização e pavimentação do local.

Será colocada sinalização na Estrada dos Capuchos, no sentido poente-nascente, informando que a mesma passará a ser uma via sem saída, bem como indicar a possibilidade de realização da inversão do sentido de marcha.

A Vila de Sintra é atualmente um dos locais mais visitados do País, em particular a sua Serra e os monumentos aí existentes, como o Palácio da Pena, Castelo dos Mouros, Chalet da Condessa D’Edla e Convento dos Capuchos, património cuja preservação merece especial cuidado.  

A autarquia sublinha que a Vila é, desde 1995, Património Mundial da UNESCO, na categoria de Paisagem Cultural, sendo que Sintra foi o primeiro sítio Europeu inscrito, pela UNESCO, como Paisagem Cultural, sendo assim desígnio de todos, em especial daqueles que tem responsabilidades sobre o território de Sintra, a salvaguarda deste património.