A PSP emite um esclarecimento acerca das notícias relacionadas com Marquês de Pombal e alegado agente de autoridade


Na sequência de vários comentários surgidos nas redes sociais e que a Polícia de Segurança Pública teve conhecimento, constatou-se um comentário a um post feito na rede social Facebook de um cidadão identificado no seu perfil pessoal como agente da PSP. O conteúdo desse comentário – “alguém que me pague 5 milhões para eu dar à minha família, que eu coloco um colete com bombas e vou lá para o meio deles” – refere-se a eventuais festejos no Marquês de Pombal no próximo sábado. Foram feitas notícias na sequência do comentário, que tornaram o assunto viral.

Depois das diligências necessárias para averiguar se o autor do comentário seria de um elemento desta Instituição, foi confirmado que o indivíduo em causa não é elemento, nem nunca foi, da Polícia de Segurança Pública.

Esta Polícia irá averiguar a situação, em que circunstâncias foi publicado este comentário e qual(ais) o(s) seu(s) autor(es) e, caso esteja perante matéria criminal, procederá em conformidade.

A PSP repudia veementemente quaisquer comentários e posturas que sejam demonstrativas da falta de civismo e de respeito pelos direitos de todos os cidadãos ou que apelem à violência ou a quaisquer atos contrários à Lei.