SMAS de Sintra investem cerca de 7 milhões de euros em Algueirão – Mem Martins


No âmbito das Presidências Abertas efetuadas pelas freguesias do concelho, Basílio Horta visitou na última quarta-feira a Freguesia de Algueirão – Mem Martins, onde foi apresentado um plano de investimentos globais do SMAS de Sintra no valor de sete milhões e 373 mil euros.

Durante a reunião de trabalho foi apresentado o projeto de criação de um ecocentro. Os ecocentros são recintos fechados onde se pode depositar tudo aquilo que se coloca num ecoponto, bem como todos os resíduos de características diferentes ou de grandes dimensões, que combatem a deposição ilegal de resíduos e aumenta as recolhas seletivas. A construção do Ecocentro está prevista para 2020 num investimento de meio milhão de euros.

Basílio Horta considera que “o ecocentro vem dar resposta às várias solicitações para recolha e deposição de materiais que não devem ser colocados no contentor indiferenciado”.
Abrangendo cerca 13 mil 360 habitantes, está em curso a remodelação da rede de distribuição com origem no reservatório de Ouressa, em que estão a ser remodeladas as redes de abastecimento e ramais, substituindo as redes antigas em fibrocimento, com elevado número de roturas, por condutas em PEAD ou PVC, pelo valor de 1 milhão 250 mil euros.

Em curso encontra-se também a reabilitação da Câmara de Manobras do Reservatório da Cavaleira, no valor de 395 mil euros, assim como a reabilitação estrutural do reservatório das Mercês, com um investimento de 569 mil euros.

A construção da ciclovia e remodelação de redes de águas no Algueirão substituindo as redes antigas em fibrocimento, com elevadas ocorrências de roturas, por novas são um investimento de 2 milhões 500 mil euros.

A drenagem pluvial na Estrada de Mem Martins e Rua Coudel – Mem Martins, dá continuidade ao colector DN600 mm, assegurando a descarga na linha de água, pelo valor de 350 mil euros.
As obras já concluídas naquela freguesia foram a reabilitação de coletor pluvial em Mem Martins (aumento da secção do coletor pluvial na Rua Eusébio da Silva Ferreira, de forma a aumentar a capacidade de transporte e evitar inundações), no valor de 81 mil euros.

A primeira fase de remodelação de rede de abastecimento no Algueirão que registava um número elevado de roturas já está concluída. A realização desta obra permitiu melhorar a qualidade do serviço à população e reduzir o volume de perdas, no valor de 1 milhão e 178 mil euros.

As empreitadas de remodelação de redes de drenagem de águas residuais pluviais em Ouressa e entre a Rua dos Morés e a Rua da Tapada, no Algueirão tiveram como objetivo resolver problemas de inundações, com um investimento total de 228 mil euros.

Também já está concluída a empreitada de requalificação urbana da Av. Chaby Pinheiro e envolvente com a remodelação da rede de abastecimento, da rede de drenagem urbana e requalificação dos locais de recolha de resíduos sólidos, totalizando um investimento de 319 mil euros.

Assim, na União de Freguesias Algueirão – Mem Martins foi apresentado o plano de investimentos que totaliza sete milhões de 373 mil euros